Quem somos

O Brasil está envelhecendo e as nossas famílias estão cada dia menores. E a mulher, a principal figura cuidadora dos idosos, está saindo para o mercado de trabalho. São vários os fatores que estão acelerando o envelhecimento populacional, mas a redução da taxa de fecundidade e a inserção da mulher no mercado de trabalho são os principais marcadores para este grande e único evento demográfico.

Por isso, e preciso pensar na saúde, segurança e ocupação dos nossos idosos. E é neste cenário, do cuidado, que a equipe do CIATI irá te ajudar.

 

CIAT.png

 

O CIATI (Centro Interprofissional de Atendimento a Terceira Idade), está localizado na região da Pampulha, no Bairro Bandeirantes, em Belo Horizonte. Possui 900 m2 de área, com extenso jardim arborizado, piscina e área plana ideal para caminhada e à vida diária dos idosos. Privilegiado pela paisagem e pela tranqüilidade do local, o CIATI oferece excelente estrutura para hospedagem de idosos com atividades diárias como fisioterapia, terapia ocupacional, musicoterapia, grupos de oração, festas temáticas, passeios externos, além de um espaço para a integração social.

Nosso objetivo é prestar assistência de qualidade e promover a qualidade de vida dos idosos, sempre baseados no respeito, bem estar e uma atenção especial. Este proposito é alcançado quando conciliamos a proximidade e o carinho da família com o acompanhamento de nossos profissionais, que prezam pelo tratamento humanitário e priorizam a melhoria de qualidade de vida e bem-estar.

Entre em contato conosco e conheça no espaço, nossos serviços e nossa equipe. Será um prazer recebê-los.

 

 

  Depoimentos:

 

Sou curadora das residentes Semíramis ( no ciati desde 2012) e Lisete Batista ( desde2013). As duas têm todos os cuidados e dedicação dos profissionais da casa, além do acompanhamento de profissionais como médico, fisioterapia, assistente social e outros. Tenho só que agradecer o carinho e dedicação, pois em casa tinha 8 (oito) funcionários e tinha muitos problemas e uma despesa imensa...

Maria do Carmo Moreira Costa, curadora responsável por Semíramis e Lisete Batista.

 

Gostaria de agradecer e indicar esta CASA para quem tem um ente querido precisando de cuidados. Aqui, seu familiar receberá todo amor, carinho e acompanhamento de uma equipe multiprofissional como médicos, enfermeiros e cuidadores super profissionais e capacitados para lidar e cuidar de nossos queridos idosos.

Simone Ximenes, curadora responsável pela idosa Lígia Ximenes.

 

O serviço de fisioterapia é estendido a todos os residentes com o objetivo de estimular a motricidade e os cuidados respiratórios, que permitem a prevenção e o tratamento das disfunções musculoesqueléticas e cardiorrespiratórias. A sessões são individuais e semanais (2 x semana para cada idoso). A fisioterapia é realizada de forma integrada aos serviços assistenciais, trabalhando a cognição com a terapeuta ocupacional, fomentando os cuidados diários junto a enfermagem e aos cuidadores de idosos, tendo apoio do serviço de nutrição e assistência médica para que possamos juntos atingir o maior nível funcional de cada idoso.

Portanto, o sucesso do serviço de fisioterapia se deve ao trabalho em equipe da instituição que acontece com respeito, cuidado, compromisso e estímulos diários. Sou feliz de participar desta equipe!

Dawis, fisioterapeuta do CIATI.

 

Trabalho nesta Instituição há 4 anos. È um lugar que traz tranquilidade para os idosos e seus familiares. Tem várias atividades, acompanhamento medico, fisioterapia, terapia ocupacional de outros. Eu sinto muito amor e orgulho de poder contribuir para o bem estar dos idosos.

Maria da Conceição Poses – cuidadora de idosos.

 

Buscamos oferecer serviços de qualidade através de uma equipe multiprofissional dedicada, atualizada e comprometida. Mas nosso objetivo vai além disso, é obter vitalidade, longevidade e bem estar para todos nossos residentes, sempre pautados no respeito e na atenção.

Juliana Araújo – Diretora do CIATI

 

Pois vêem-se chamas nos olhos dos moços, mas no olho do ancião vê-se a luz.

Victor Hugo


 


CAMPANHA DE VALORIZAÇÃO DO IDOSO